Notícias

TRIGO

Matéria Publicada em: 09/02/2018

USDA INDICA AMPLA OFERTA DOS EUA E NO MUNDO E CHICAGO FECHA EM BAIXA



O mercado repercute a divulgação do relatório de oferta e demanda, mais cedo, pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). As projeções de ampla oferta nos EUA e no mundo pressionaram as cotações.

A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o trigo encerrou com preços mais baixos. O mercado repercute a divulgação do relatório de oferta e demanda, mais cedo, pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). As projeções de ampla oferta nos EUA e no mundo pressionaram as cotações.

A safra 2017/18 do cereal no país é estimada em 1,741 bilhão de bushels, mesmo volume estimado em janeiro, contra os 2,309 bilhões de bushels produzidos em 2016/17. Os estoques finais do país em 2017/18 foram projetados em 1,009 bilhão de bushels, contra 989 milhões de bushels do mês passado e abaixo dos 1,181 bilhão de bushels estimados para 2016/17. Segundo analistas consultados por agências internacionais, os estoques finais dos Estados Unidos em 2017/18 eram esperados em 993 milhões de bushels.

A safra mundial de trigo em 2017/18 é estimada em 758,25 milhões de toneladas, contra 757,01 milhões de toneladas estimadas em janeiro. Para a safra 2016/17, o número ficou em 750,44 milhões de toneladas. Os estoques finais globais em 2017/18 foram estimados em 266,1 milhões de toneladas, contra 268,02 milhões de toneladas em janeiro. Os analistas projetavam 267,8 milhões de toneladas, abaixo das 268 milhões de toneladas estimadas em janeiro.

Os contratos com entrega em março eram cotados a US$ 4,56 1/4 por bushel, baixa de 4,25 centavos ou -0,92%. Os contratos com entrega em maio de 2018 eram negociados a US$ 4,69 1/4, recuo de 3,75 centavos ou -0,79%.

Fonte: Lavras Corretora

Previsão do tempo

Entre-Ijuís
Sexta 17/08/2018

24º
Predomínio de Sol
21º Eugênio de Castro
24º Santo Ângelo
24º Caibaté
25º Vitória das Missões