Notícias

SOJA

Matéria Publicada em: 16/05/2018

NOTICIÁRIO MOVIMENTA PREÇOS EM CHICAGO



O Mercado tem sido direcionado por dois importantes fatores: a negociação comercial entre EUA e China, e o progresso de plantio e germinação no Cinturão Agrícola americano.

O Mercado tem sido direcionado por dois importantes fatores: a negociação comercial entre EUA e China, e o progresso de plantio e germinação no Cinturão Agrícola americano. O otimismo gerado pelo novo encontro de delegações para tratar do embate comercial em Washington, coloca a especulação na espera de uma melhora para o cenário de exportações americana da soja. Por outro lado, o ritmo de plantio da oleaginosa atinge níveis recordes com um palco climático quase ideal para o desenvolvimento dos trabalhos no campo.

Até este último fim de semana, o USDA estimou que 35% da área de soja já foi semeada, contra 29% no mesmo período em 2017 e 26% da média dos últimos 5 anos. Apesar de alguns problemas pontuais com excessos de chuvas no norte do Cinturão Agrícola, a grande maioria da região sojicultora norte-americana segue com um ótimo cenário climático. Os prêmios de exportação no Brasil são pressionados com a melhor perspectiva da comercialização da soja EUA.
Nesta quarta-feira, 16 de Maio, a Bolsa de Chicago opera em baixa, próximo das 8h30 as principais posições da commodity caiam entre 4,75 e 5,50 pontos.

CLIMA NA AMÉRICA DO SUL

Os mapas climáticos atualizados trazem a confirmação da chegada de chuvas nesta segunda metade de maio, sobre a maioria da área de safrinha brasileira. As regiões do Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná, que sofreram fortemente com a falta de chuvas durante boa parte de março e abril, agora recebem totais num raio de 20-50mm acumulados nos próximos 5 dias.

O estresse hídrico é reduzido em tais áreas à serem regadas, no entanto é bastante improvável a reversão de qualquer quadro de per- das de produtividade já estabelecido. Note que o centro do Mato Grosso e o sudoeste de Goiás também deverão ser favorecidos com esta rodada de chuvas, porém com totais mais sucintos entre 12-25mm acumulados no mesmo período. Na Argentina, as chuvas pesadas se concentram ao norte do país, aliviando para o produtor que ainda possui grão à ser colhido.

Previsão do tempo

Entre-Ijuís
Tera 23/10/2018

27º
Pancadas de Chuva
16º 25º Eugênio de Castro
17º 26º Santo Ângelo
17º 26º Caibaté
17º 26º Vitória das Missões