Notícias

MILHO

Matéria Publicada em: 01/10/2019

TERÇA-FEIRA COMEÇA COM LEVES QUEDAS PARA AS COTAÇÕES NA BOLSA DE CHICAGO



A terça-feira (01) começa com os preços internacionais do milho futuro levemente mais baixos na Bolsa de Chicago (CBOT).

A terça-feira (01) começa com os preços internacionais do milho futuro levemente mais baixos na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam quedas entre 1,75 e 2,00 pontos por volta das 09h01 (horário de Brasília). O vencimento dezembro/19 era cotado à US$ 3,86 com queda de 2 pontos, o março/20 valia US$ 3,97 com desvalorização de 2 pontos, o maio/20 era negociado por US$ 4,03 com baixa de 2 pontos e o julho/20 tinha valor de US$ 4,06 com perda de 1,75 pontos.

Segundo informações da Successful Farming, os grãos foram misturados no comércio da noite para o dia, enquanto os investidores mergulham em vários relatórios do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgados na segunda-feira. Durante o primeiro dia da semana e último de setembro, o USDA divulgou dois importantes relatórios que mexeram com o mercado.

Primeiro, o Departamento estimou que a entrega de milho em 1º de setembro seja de 2,114 bilhões de bushels (53,6 milhões de toneladas) no relatório trimestral, que estava 331 milhões de bushels (8,4 milhões de toneladas) abaixo da sua última estimativa no início deste mês e uma queda de 26 milhões de bushels (660.400 toneladas) com relação à setembro do ano passado.

Depois, já no final da tarde, após o fechamento do mercado, o USDA também divulgou seu relatório de progresso da colheita, que mostrou que 11% do milho dos EUA foi colhido até domingo. Isso está atrás da média anterior de cinco anos de 19%. Apenas 43% da safra estava madura no início da semana, em comparação com a média de 73% para esta época do ano.

Fonte: Notícias Agrícolas

Previsão do tempo

Entre-Ijuís
Quinta 28/05/2020

26º
Predomínio de Sol
25º Eugênio de Castro
10º 26º Santo Ângelo
25º Caibaté
26º Vitória das Missões