Notícias

SOJA

Matéria Publicada em: 22/05/2020

MERCADO DA SOJA EM CHICAGO TEM LEVE QUEDA NESTA 5ª E ESPERA DADOS DE VENDAS AMERICANAS



O mercado devolve os pequenos ganhos registrados nos últimos dois dias e segue acompanhando o movimento da demanda da China nos EUA.

Os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago operam em campo negativo nesta manhã de quinta-feira (21), registrando tímidas baixas. Perto de 7h15 (horário de Brasília), as cotações recuavam entre 1,50 e 2,50 pontos, com o o julho sendo cotado a US$ 8,44 e o agosto, US$ 8,47 por bushel. 

O mercado devolve os pequenos ganhos registrados nos últimos dois dias e segue acompanhando o movimento da demanda da China nos EUA. Há expectativas melhores de que a nação asiática busque mais produto norte-americano, porém, os traders precisam das confirmações destas compras para movimentar os negócios de forma mais intensa. E nesta quinta-feira esperam ainda pelo novo boletim semanal de vendas para exportação que será reportado pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos). As expectativas do mercado variam entre 800 mil e 1,6 milhão de toneladas. 

“Os mercados de grãos operam sem tendência nesta  quinta à espera do boletim de hoje, com os últimos números sobre a demanda”, dizem os consultores da Allendale, Inc., em seu boletim diário. No Brasil, além da questão cambial, o mercado se atenta ainda à baixa disponibilidade de soja. Ontem, mesmo com uma nova queda do dólar frente ao real – que inclusive ajudou a dar suporte aos preços em Chicago – os valores subiram no mercado interno, não só nos portos, mas também no interior. Foram registrados avanços de até 3%, com as cotações ainda marcando mais de R$ 100,00 por saca em diversas regiões produtores. 

Fonte: Notícias Agrícolas

Previsão do tempo

Entre-Ijuís
Quinta 28/05/2020

26º
Predomínio de Sol
25º Eugênio de Castro
10º 26º Santo Ângelo
25º Caibaté
26º Vitória das Missões