Notícias

GERAL

Matéria Publicada em: 26/05/2017

MILHO: CHICAGO FECHA EM BAIXA COM FRACAS VENDAS DOS EUA E QUEDA DO PETRÓLEO



A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o milho registrou preços mais baixos. O mercado foi pressionado pelo desempenho abaixo do esperado das exportações semanais dos Estados Unidos.

A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o milho registrou preços mais baixos. O mercado foi pressionado pelo desempenho abaixo do esperado das exportações semanais dos Estados Unidos. As fortes quedas do petróleo em Londres e Nova York também pesaram sobre as cotações. As vendas líquidas norte-americanas de milho para a temporada comercial 2016/17, que tem início no dia 1o de setembro, ficaram em 457.200 toneladas na semana encerrada em 18 de maio. O número ficou 35% abaixo da semana anterior e 33% inferior à média das últimas quatro semanas. O Japão foi o principal comprador, com 227.400 toneladas.

Para a temporada 2017/18, o número ficou em 500 toneladas. A estimativa dos analistas oscilava de 600 mil a 1,2 milhão de toneladas, somando as duas temporadas. As informações são do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Os contratos de milho com entrega em julho de 2017 eram cotados a US$ 3,69 1/4, com baixa de 2,00 centavos de dólar, ou -0,53%, em relação ao fechamento anterior. A posição setembro de 2017 era cotada a US$ 3,77, por bushel, recuo de 2,00 centavos, ou -0,52%.

Fonte: Lavras Corretora

Previsão do tempo

Entre-Ijuís
Tera 30/11/2021

28º
Predomínio de Sol
17º 27º Eugênio de Castro
17º 28º Santo Ângelo
16º 28º Caibaté
17º 29º Vitória das Missões